Ultrassom Morfológico do 1º Trimestre

Ultrassom Morfológico do 1º Trimestre

O Morfológico do 1º Trimestre permite avaliar a vitalidade ovular, e verificar a existência de qualquer alteração que possa comprometer o desenvolvimento da gestação. Por meio da avaliação da Translucência Nucal (TN) e de outros marcadores do 1º trimestre é possível quantificar e estimar o risco individual para cromossopatias, como Síndrome de Down, Síndromes de Edwards e Síndrome de Patau. Este exame permite a investigação detalhada e não invasiva da hemodinâmica materno-fetal, não só do ponto de vista morfológico, mas também funcional.